Pular para o conteúdo principal

Televisor Sharp Aquos

O que chamou primeiro a minha atenção no televisor LCD LC-52D64U da Sharp foi o seu design elegante, resultado da criação do famoso designer japonês Toshiyuki Kita: com gabinete extremamente fino e sofisticado, não interfere na decoração de nenhum ambiente. Gostei especialmente da fina moldura ao redor da tela e da pequena espessura do aparelho.
Sempre achei que o destaque de um televisor tem de ser a tela e a qualidade de imagem e som e não sua moldura, cor ou outros efeitos
especiais e de iluminação que tenho visto em outros televisores lançados recentemente. Ele é, indiscutivelmente, o mais bonito televisor que testamos este ano.

Mas vamos ao que interessa.
O LC-52D64U tem tela de 52” e uma resolução nativa de 1920 x1080 pixels, que permite reproduzir corretamente fontes HDTV de 1080i
e 1080p e todas as outras incluindo HDTV 720p, DVI e televisão de definição padrão.
Utiliza tela com tecnologia de matriz ativa (TFT) que, ao contrário
da de matriz passiva, oferece alto brilho, melhor qualidade de imagem, maior ângulo de visão, não emite radiações eletromagnéticas, não apresenta distorções de geometria
na imagem nem o efeito de cintilação (flicker) próprio dos
monitores de tubo.
Tem um bom tempo de resposta de vídeo de 4ms. O tempo de resposta é o parâmetro que mede o tempo da atualização da imagem na tela. É uma característica medida em milissegundo, unidade que significa o tempo que um pixel leva para ir do branco ao preto. Com um tempo de resposta alto, a tela fica sem nitidez nas imagens com movimentos rápidos como as de filmes e jogos.

Sua relação de contraste dinâmico é de 10 000:1 e estática de 2000:1, não muito alta em relação à concorrência. O contraste
é o elemento que dá a profundidade à imagem. Quanto maior o contraste, mais diferenças entre cores parecidas é possível
distinguir.

Conexões

Conexões é o que não falta neste televisor: são 7 terminais de
entradas. Na parte de trás, o terminal 1 oferece conexão de
vídeo composto e componente YPbPr enquanto que o terminal 2
oferece vídeo composto e S-Video.
Os dois têm jacks de áudio analógico. Os terminais 5 e 6 incluem HDMI, e o 6 também tem conexão separada de áudio analógico L/R necessária quando se usa HDMI com uma fonte DVI, por exemplo. O terminal 7 tem entrada VGA (15-pin D-Sub) e minijack de áudio, para PC. No painel traseiro estão também as entradas para
antena/cabo, duas saídas de áudio (TosLink digital e L/R análogo) e
conector RS-232 para computador.
Do lado direito do aparelho estão os dois outros terminais: a entrada
3 (componente e composto, além de áudio L/R) e a entrada 4 (HDMI). Há ainda uma porta USB ao lado do painel para atualização de software.
Esses diferentes terminais são muito úteis principalmente quando se
instala o televisor na parede.
Recursos
Há 8 modos AV: Standard, Filme, Jogo, PC, xvYCC (sinal que permite
experimentar cores que os sinais convencionais não podem reproduzir), Usuário, Dinâmico Fixo (para valores pré-ajustados de
fábrica) e Dinâmico. Com exceção do Dinâmico Fixo, todos podem ser ajustados individualmente. O modo xvYCC só pode ser selecionado se o aparelho estiver recebendo um sinal deste tipo, como o de uma filmadora HD. Equipamentos que usam esse padrão podem trocar informações visuais entre si com cores mais ricas do que os que não seguem o padrão.

Achei muito bom os ajustes manuais, com os quais é possível modificar individualmente a luz traseira (backlight), o contraste, o
brilho, a cor, o matiz e a nitidez, além dos avançados (tonalidade,
temperatura de cor, contraste ativo, etc.).
Lembro que o controle sobre a imagem é um dos mais importantes em uma HDTV.
O uso do Contraste Ativo (On ou Off) revelou-se imprevisível, melhorando ou não a imagem, dependendo do programa exibido.
Às vezes o efeito foi muito pronunciado, em outros, muito sutil.
O menu avançado oferece 7 presets para a correção de temperatura de cor e também o sistema de gerenciamento de cor (CMS), que permite mudar o matiz e a saturação das cores primárias e secundárias.
Tal como acontece com outros televisores LCD, este Shar Sharp permite ajustar a lâmpada de cátodo frio (Cold-Cathode Florescent Lamps – CCFL) que ilumina a tela LCD.
Existe também um sistema chamado OPC que detecta a luz ambiente da sala e muda automaticamente a luz de fundo da TV em função da luminosidade do ambiente. E ainda outra opção que permite escolher o alcance mínimo e máximo da luz de fundo quando OPC é selecionada.
Preferi deixar essas opções desativadas, uma vez que já tinha
configurado manualmente a imagem para a condição de luz da minha sala.
O controle Digital Noise Reduction (curiosamente localizado no menu ‘Opções’ e não em ‘Imagem’) funciona bem, sem degradar seriamente a imagem.
Outra configuração de processamento de vídeo é o Fine Motion e o I/P que supostamente aumenta a nitidez em cenas rápidas. Não  percebi nenhuma melhora visível com estes recursos. O LC-52D64U não funciona em 120 Hz. Atualmente, apenas a série Sharp F92 e D82 oferecem esse recurso. O aparelho também não aceita vídeo em 24 fps.
Chama a atenção a ausência da função PIP e/ou POP, comum em
HDTV high-end, que para alguns consumidores – que gostam de
ver duas imagens ao mesmo tempo – pode ser importante. Em
compensação ela tem o congelamento de imagem, que é raro encontrar em outras marcas.
Outro recurso do aparelho é o protocolo HDMI CEC, chamado pela Sharp de Aquos Link, que permite operar equipamentos de sistemas compatíveis, como blu-ray, amplificador AV e DVD player, conectados ao televisor, via controle remoto.
Para o modo HD, estão disponíveis 4 formatos de tela incluindo o Ponto x Ponto que detecta a resolução de fonte 1080i e 1080p e exibe a imagem com o mesmo número de pixels do sinal original. Para a definição padrão 4:3, há 4 formatos de tela.
O sistema de menu é simples, mas suficiente para um perfeito ajuste do aparelho.
O controle remoto é o tradicional dos televisores Shar Sharp.
Ele é iluminado e tem a capacidade de comando de outros 4 equipamentos. A disposição dos botões é perfeita e lógica.
O som é surpreendentemente bom considerando que os altofalantes
estão colocados em uma estreita faixa abaixo da tela. Podem ser modificados os agudos, graves e o balanço.
Conclusão
A uniformidade da cor e do brilho em todas as partes da tela
é uma característica dos televisores de plasma e rara entre os LCDs.

Este Sharp apresenta o mesmo problema embora de maneira pouco acentuada. Sua tela apresenta leves ‘faixas’ na horizontal e na vertical em determinadas cenas, principalmente aquelas com imagens em movimento.
Fora isso, o LC- 52D64U combina um ótimo processamento de vídeo com uma excelente resolução para produzir uma imagem
nítida e detalhada tanto em SD como em HD.
As cores não acompanharam o mesmo nível elevado, porém são mais do que aceitáveis: elas são naturais, embora um pouco frias.
De maneira geral, o aparelho apresentou muito bom nível de preto e imagens de boa qualidade também em definição standard, com DVDs e com os melhores canais por cabo. Mas não pode salvar canais por cabo analógicos – embora o redutor de ruídos tenha ajudado bastante.

Fiquei muito bem impressionado com esse Shar Sharp. Realmente um produto que recomendo.

         aquos aquos2

TELEVISOR SHARP AQUOS
Fabricante: Sharp

FUNCIONALIDADES 10,0
DESIGN 10,0
RECURSOS 10,0
QUALIDADE DE IMAGEM 9,0
QUALIDADE DE SOM 7,0
CUSTO-BENEFÍCIO 9,0

Preço Médio: R$ 8.699,00

(por Ricardo Pizzotti)

1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Processo Seletivo Natura 2010

Estou participando e me empolguei nas respostas abaixo, vejam que lindo:
. No que a Natura contribuirá para vc e vc para  a Natura?
Em um Mundo onde a cada dia estamos acabando com a natureza, a Natura vem para provar que é possível usar e ser sustentável ao mesmo tempo, acredito que com essa política empresarial e postura diante da sociedade a Natura agregará uma visão diferenciada de trabalho, onde poderei criar um Mundo melhor para mim e a todos ao meu redor, sendo assim, trabalharei com prazer, num ciclo interminável de respeito pelo próximo e pela natureza.
. Dois princípios fundamentais para a vida (a gente tem que escolher entra uns 10) e em cima desses escolhidos, descrever uma experiência de vida:
Humanismo:  Certo dia me deparei trabalhando para uma ONG de cuidava de animais, onde eram tratados de forma surpreendentemente maravilhosa, como humanos, onde tinham tudo do bom e do melhor, fiquei extasiada e empolgada pelo trabalho, pois maltrato com animais é crime, o trabalho da…

Sexta-feira

Toda sexta feira, meu amigo Edu Corelli posta fotos lindas de homens maravilhosos no face de presente para as amiguinhas de redação, seguindo seu exemplo, postarei fotos de homens lindos para saudar o fim de semana que está chegando.

Hoje começarei com esses lindos:


Aproveitem!

Saudades……