Pular para o conteúdo principal

A SÍNDROME DOS VINTE E TANTOS ANOS

(por Raphael Varela)

Você começa a se dar conta de que seu círculo de amigos é menor do que há alguns anos.
Dá-se conta de que é cada vez mais difícil vê-los e organizar horários por diferentes questões: trabalho, estudo, namorado(a) etc.
E cada vez desfruta mais dessa cervejinha que serve como desculpa para conversar um pouco.

As multidões já não são ‘tão divertidas’, às vezes - até lhe incomodam.
Mas começa a se dar conta de que enquanto alguns eram verdadeiros amigos, outros não eram tão especiais depois de tudo.
Você começa a perceber que algumas pessoas são egoístas e que, talvez, esses amigos que você acreditava serem próximos não são exatamente as melhores pessoas.
Ri com mais vontade, mas chora com menos lágrimas e mais dor.
Partem seu coração e você se pergunta como essa pessoa que amou tanto e te achou o maior infantil, pôde lhe fazer tanto mal.
Parece que todos que você conhece já estão namorando há anos e alguns começam a se casar, e isso assusta!
Sair três vezes por final de semana lhe deixa esgotado e significa muito dinheiro para seu pequeno salário.
Olha para o seu trabalho e, talvez, não esteja nem perto do que pensava que estaria fazendo. Ou, talvez, esteja procurando algum trabalho e pensa que tem que começar de baixo e isso lhe dá um pouco de medo.
Dia a dia, você trata de começar a se entender, sobre o que quer e o que não quer.
Suas opiniões se tornam mais fortes.
Vê o que os outros estão fazendo e se encontra julgando um pouco mais do que o normal, porque, de repente, você tem certos laços em sua vida e adiciona coisas a sua lista do que é aceitável e do que não é. Às vezes, você se sente genial e invencível, outras, apenas com medo e confuso.
De repente, você trata de se obstinar ao passado, mas se dá conta de que o passado se distancia mais e que não há outra opção a não ser continuar avançando.
Você se preocupa com o futuro, empréstimos, dinheiro…
E com construir uma vida para você.
E enquanto ganhar a carreira seria grandioso, você não queria estar competindo nela.
O que, talvez, você não se dê conta, é que todos que estamos lendo esse texto nos identificamos com ele. Todos nós que temos ‘vinte e tantos’ e gostaríamos de voltar aos 15-16 algumas vezes.
Parece ser um lugar instável, um caminho de passagem, uma bagunça na cabeça.
Mas TODOS dizem que é a melhor época de nossas vidas e não temos que deixar de aproveita-la por causa dos nossos medos.
Dizem que esses tempos são o cimento do nosso futuro.
Parece que foi ontem que tínhamos 16.
Então, amanha teremos 30?!
Assim, tão rápido?!

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Processo Seletivo Natura 2010

Estou participando e me empolguei nas respostas abaixo, vejam que lindo:
. No que a Natura contribuirá para vc e vc para  a Natura?
Em um Mundo onde a cada dia estamos acabando com a natureza, a Natura vem para provar que é possível usar e ser sustentável ao mesmo tempo, acredito que com essa política empresarial e postura diante da sociedade a Natura agregará uma visão diferenciada de trabalho, onde poderei criar um Mundo melhor para mim e a todos ao meu redor, sendo assim, trabalharei com prazer, num ciclo interminável de respeito pelo próximo e pela natureza.
. Dois princípios fundamentais para a vida (a gente tem que escolher entra uns 10) e em cima desses escolhidos, descrever uma experiência de vida:
Humanismo:  Certo dia me deparei trabalhando para uma ONG de cuidava de animais, onde eram tratados de forma surpreendentemente maravilhosa, como humanos, onde tinham tudo do bom e do melhor, fiquei extasiada e empolgada pelo trabalho, pois maltrato com animais é crime, o trabalho da…

Sexta-feira

Toda sexta feira, meu amigo Edu Corelli posta fotos lindas de homens maravilhosos no face de presente para as amiguinhas de redação, seguindo seu exemplo, postarei fotos de homens lindos para saudar o fim de semana que está chegando.

Hoje começarei com esses lindos:


Aproveitem!

Saudades……