Pular para o conteúdo principal

Morar no Tatuapé

Especial____________________________________

(Por: Maisa Infante \\ Fotos Rodrigo de Paula – Revista do Tatuapé)

Para comemorar os 344 anos do bairro, ouvimos moradores que são simplesmente apaixonados por viver no Tatuapé

Afinal, por que moramos neste ou naquele bairro? Trabalho, família, necessidade, conveniência, gosto pessoal, ou simplesmente ter nascido no local são alguns dos motivos. O fato é que o bairro onde moramos é nossa verdadeira casa. Mais do que as paredes que nos envolvem em nossas casas ou apartamentos, a rua, as lojas, os problemas e as soluções que compõem o bairro tornam nossa vida mais fácil ou mais difícil, melhor ou pior. E sabemos que não existe bairro perfeito, sem seus problemas e contradições. Nem mesmo aqueles lugares planejados para ser o paraíso conseguem esse título. Assim, somos obrigados a conviver com tudo que há de bom e de ruim no bairro em que moramos. E, mais do que isso, somos responsáveis por fazer dele um lugar cada vez melhor para se viver. A nossa responsabilidade vai desde a preservação de cada metro quadrado até a cobrança, em última instância, para que o poder público tome providências que sejam necessárias para melhorar cada vez mais o local.
Com cerca de 100 mil habitantes, o Tatuapé é maior que muita cidade do interior e parece que não para de crescer. Um desenvolvimento que evidencia as contradições e os problemas desse lugar que começou repleto de chácaras, passou pelo boom industrial e hoje vive uma fase de expansão do serviço e da moradia.
Quem mora no Tatuapé gosta de encher a boca para dizer que não precisa sair dele para nada, afinal é um lugar onde se encontra boas escolas, shoppings, bares, restaurantes, hospitais, transporte, supermercados etc. E isso é até bom porque, em alguns horários, é difícil conseguir sair do bairro por sua principal via de ligação com o centro da cidade, a Radial Leste, que sofre com os congestionamentos.
E ninguém melhor do que os próprios moradores para falar sobre o que de melhor e pior há no bairro. Para comemorar os 344 anos do Tatuapé, ouvimos pessoas que sentem imenso prazer em dizer que vivem no Tatuapé, seja porque cresceram nas suas ruas ou porque escolheram estar nelas.


Viviane Resende

VIVIANE RESENDE
I love Tatuapé
São 29 anos de Tatuapé. Um amor que Viviane Resende traduz no dia a dia totalmente vivido no bairro e em uma comunidade criada no Facebook para trocar informações com outros moradores. “Recebo muitas mensagens e comentários parabenizando pelo trabalho e por não ser mais uma página comercial, e sim de pessoas realmente interessadas no bairro”. Viviane é um exemplo de moradora que nasceu, cresceu e foi criada no bairro e tem uma relação de interesse total por tudo que acontece nas ruas do Tatuapé. “Moro, trabalho e estudei aqui. Sempre falei que não preciso sair daqui pra nada porque encontro tudo o que preciso. Tem Padaria melhor que a Vera Cruz? Bares, baladas, até Pub Irlandês nós temos! Sem contar os parques, shoppings, cinemas, a Di Cunto”, diz.
O crescimento do bairro, com os prédios que sobem e os moradores novos que chegam, é visto com olhos desconfiados por quem aqui cresceu e estava acostumada com um lugar mais tranquilo. “Tem o lado bom, pois faz parte do progresso e isso mais cedo ou mais tarde aconteceria. Mas sinto saudade de ver o horizonte... Sem contar que as ruas não suportam mais tantos veículos e o trânsito está insuportável em certos horários”. Por isso ela deseja, como presente de aniversário, um pouco mais de planejamento para acompanhar tanto crescimento e manter os moradores antigos que, como ela, amam o bairro. “Muita gente de outros bairros veio morar aqui, enquanto moradores antigos, vendo seus imóveis supervalorizados, acabam por vendê-los e saem do bairro, infelizmente”.
Exemplar raro de quem ainda mora em casa no meio de tantos prédios, Viviane diz que estar entre ‘conterrâneos’ tatuapeenses é um alento. “Quando fico um tempo fora, viajando ou a trabalho, sinto alívio ao voltar e ver as pessoas do bairro. Aqui me sinto em casa, protegida”, diz, embora ache que a segurança é um dos pontos que merecem ser olhado com mais carinho pelas autoridades. “Sem dúvida, esse é o maior problema do dia a dia do bairro”. www.facebook.com/tatuapeoficial

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Processo Seletivo Natura 2010

Estou participando e me empolguei nas respostas abaixo, vejam que lindo:
. No que a Natura contribuirá para vc e vc para  a Natura?
Em um Mundo onde a cada dia estamos acabando com a natureza, a Natura vem para provar que é possível usar e ser sustentável ao mesmo tempo, acredito que com essa política empresarial e postura diante da sociedade a Natura agregará uma visão diferenciada de trabalho, onde poderei criar um Mundo melhor para mim e a todos ao meu redor, sendo assim, trabalharei com prazer, num ciclo interminável de respeito pelo próximo e pela natureza.
. Dois princípios fundamentais para a vida (a gente tem que escolher entra uns 10) e em cima desses escolhidos, descrever uma experiência de vida:
Humanismo:  Certo dia me deparei trabalhando para uma ONG de cuidava de animais, onde eram tratados de forma surpreendentemente maravilhosa, como humanos, onde tinham tudo do bom e do melhor, fiquei extasiada e empolgada pelo trabalho, pois maltrato com animais é crime, o trabalho da…

Sexta-feira

Toda sexta feira, meu amigo Edu Corelli posta fotos lindas de homens maravilhosos no face de presente para as amiguinhas de redação, seguindo seu exemplo, postarei fotos de homens lindos para saudar o fim de semana que está chegando.

Hoje começarei com esses lindos:


Aproveitem!

Saudades……