Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Luz Dos Olhos

Luz Dos Olhos





Ponho os meus olhos em você
Se você está
Dona dos meus olhos é você
Avião no ar
Um dia pra esses olhos sem te ver
É como chão no mar
Liga o rádio à pilha, a TV
Só pra você escutar
A nova música que eu fiz agora
Lá fora a rua vazia chora...

Pois meus olhos vidram ao te ver
São dois fãs, um par
Pus nos olhos vidros pra poder
Melhor te enxergar
Luz dos olhos para anoitecer
É só você se afastar
Pinta os lábios para escrever
A sua boca é minha...

Que a nossa música eu fiz agora
Lá fora a lua irradia a glória
E eu te chamo, eu te peço: Vem!
Diga que você me quer
Porque eu te quero também!

Passo as tardes pensando
Faço as pazes tentando

Te telefonar

Cartazes te procurando
Aeronaves seguem pousando
Sem você desembarcar
Pra eu te dar a mão nessa hora
Levar as malas pro fusca lá fora....

E eu vou guiando
Eu te espero, vem...
Siga onde vão meus pés
Que eu te sigo também
E eu te amo!
E eu te peço: Vem!
Grita que você me quer
Que eu vou gritar também!
Hei! Hei!...

*(E eu gosto dela
E ela gosta de mim
Eu penso nela
Será que iss…

Serio?!

Acredito que tudo que mentalizamos, de um jeito ou de outro, acabamos atraindo para nós! Isso para mim é verdade absoluta!

Desde o ano passado, acreditei que fosse conseguir um emprego legal, na minha área, perto de casa e o universo realmente conspirou a meu favor. Aconteceu!
Junto com esse meu desejo de um emprego formal, pedi também (sim!), um namorado, mas não um namoradinho qualquer, um cara companheiro, fofinho, educado, que realmente goste de mim e - não menos importante, que queira seguir comigo, algo sério!
Até que está acontecendo como pedi, mas hoje me peguei pensando, será?! Não que eu não goste dele, gosto muito mesmo, até mais do que pensava, mas não sei se é justo envolver uma pessoa com uma vida tão legal, na minha vida ~ tão complicada. Eu já sou mãe, tenho que trabalhar, pouquíssimas vezes consigo viajar sozinha, saio pra barzinho somente durante a semana porque de final-de-semana me dedico integralmente ao meu filhote. E por mais que eu goste desse meu <3, não po…

Psiu!

Aproveitando um momento de silêncio para postar, bem sobre isso que eu tb vou falar.
O silencio, esse bonitinho!
Não sei se faz parte da minha nova era balzaquiana, mas a cada dia que passo tenho valorizado mais o silêncio, nele consigo pensar, refletir, me achar.
O silêncio para mim tem sido tão importante e raro, que quando acontece, chego a ter sensações orgásmicas.

Enfim, vemnimim silêncio!


Mundo de Vivi

Bom, vamos lá, esse ano tem acontecido MUITA coisa boa para mim, coisas que nunca imaginei ser merecedora, mas que me deixam tão feliz.

Como por exemplo, trabalhar em algo que amo tanto, cercada de tanta gente boa e leve, digo leve pois a leveza é fundamental para a felicidade no mundo corporativo. Não tem quem aguente ficar ao lado de pessoas pesadas e negativas, mas para mim, que vivo cercada de leveza, tudo flui muito bem.

Além dessa leveza diária e magnífica, fui presenteada com um reencontro delicioso. Sim, reencontrei uma pessoa que me fez muito bem no passado e que eu gostava muito mas, sem entrar em detalhes, acabei deixando-a para o mundo. Porém, dizem que o que é nosso, voltará a nós. E foi isso que aconteceu, ele voltou.

E que coisa boa eu estou sentindo, que carinho, que amor, que fofura, da até um aperto no meu coração. Nem penso em talvez, penso em SIM, por que eu to muito feliz com meu presente. Não quero saber o que eu vivi nesse meu passado triste, quero olhar para f…

Chega de Saudade

Chega de Saudade Vinicius de Moraes Vai, minha tristeza, e diz a ela Que sem ela não pode ser Diz-lhe, numa prece, que ela regresse Porque eu não posso mais sofrer